Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Amós, Capítulo 6

Publicado em: 31/03/2013

        

O autor sagrado mostra sua percepção mostrando a indignação do Senhor em relação a vida frívola, cheia de luxo e de soberba. “Deitam-se em camas de marfim; esparramam-se em cima de sofás, comendo cordeiros do rebanho e novilhos sevados em estábulos... bebem canecões de vinho, usam os mais caros perfumes, sem se importar com a ruína de José!“ Afastaram-se do Senhor e se autodenominam-se senhores das suas conquistas e por tanto de suas vidas.

Foi então que a ruína os atingiu. Não foi o Senhor que quis, mas suas ações, assim como as nossas, por consequência dos atos praticados nos leva tudo que temos. Vemos isso claramente em nossa sociedade que tira Deus da vida das pessoas e nas tragédias elas perguntam onde está Deus? Respondo no lugar onde o colocamos, fora de nossas vidas. Senhor que nós sejamos o sal da terra e a luz do mundo!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Amós, Capítulo 5

Publicado em: 30/03/2013

       

 As mensagens do profeta Amós são ponderadas envolvendo os pecados e castigos de toda Israel.

Amós fez vários discursos contra Israel, todos começando com o alerta “Ouvi!”. Neles são apontados desordens sociais, castigos da natureza, corrupção dos chefes e predição de ruína, exigindo que o povo de Deus se faça santo e justo, para evitar o juízo divino.

Nas profecias de Amós vemos a responsabilidade que todos os povos têm diante de Deus, e nos faz entender o motivo das catástrofes que caem sobre aqueles que seguem o caminho da idolatria e da perseguição ao povo de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Amós, Capítulo 4

Publicado em: 29/03/2013

      

Continua o profeta Amós, corajosamente, a denunciar o pecado de Israel.  

Neste capítulo 4 o foco do profeta está, primeiramente, nas ricas senhoras da sociedade que vivem no luxo e na riqueza, sem qualquer preocupação com os pobres e indigentes.  Por correlação com o termo “Touro” que era entendido como um título honorífico dos chefes, Amós chama estas mulheres de “vacas de Basã”, ou seja, as esposas dos “touros” que moravam em Basã – saber disso reduz, em parte a agressividade do tratamento, embora continue claro a revolta do profeta diante da injustiça social: por que uns com tanto e outros com tão pouco?

A seguir o profeta apresenta cinco advertências que fazem lembras as pragas do Egito e outras situações que o povo já tinha enfrentado e a conseqüente reação: “mas não vos convertestes a mim” (v. 6, 8, 9, 10 e 11). Amós, quer, enfaticamente, despertar a consciência destes pecadores e provocar uma mudança: a conversão ao Senhor.

Hoje cabe a nós, em nome de Deus, levantar o protesto contra a corrupção política, as injustiças sociais e os incentivos à riqueza desmedida que impossibilitam vida digna com saúde, educação e moradia para todos. Não adianta só rezar e participar das missas dominicais. É preciso ser solidário aos mais necessitados. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Amós, Capítulo 3

Publicado em: 28/03/2013

     

O profeta Amós nasceu em Tecoa, no reino do Sul, Judá, mais foi enviado por Deus para profetizar a iminente destruição do Reino do Norte, Israel, cuja capital era Samaria.

Primeiro os faz lembrar da libertação do Egito e dos privilégios que tinham, para depois acusar de três pecados, que na verdade, sempre vão juntos: a idolatria, a opulência e a injustiça. Sua mensagem sobre a justiça social é muito forte, mas no fundo é mais uma chamada à conversão antes que a cidade seja destruída, como as casas de marfim ou de verão.

Como seu ministério estava sendo questionado, o profeta trata de certificá-lo e usa uma figura muito forte: assim como, quando ruge o leão todos tremem, da mesma forma, quando fala o Senhor não é possível renunciar seu ministério profético. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Amós, Capítulo 2

Publicado em: 27/03/2013

    

 Naquela época, em meados do séc. VIII, o povo de Israel havia se distanciado dos ensinamentos do Senhor. Viviam um regime de injustiças no âmbito social, político e econômico, e no aspecto religioso, eram idólatras e manipulavam o povo com suas ideologias, reduzindo-os a fraqueza, miséria e abandono.

Amós vai até o reino do norte e denuncia as atrocidades contra a Aliança feita com Deus. Mas que isso, o profeta dá nome aos que promovem as injustiças e reitera a escolha do Senhor pelo povo de Israel, que responde com sua infidelidade .

Os problemas daquela época repetem-se: opressão, manipulação ideológica, acumulação de riquezas, suborno, vaidade, sexualismo desregrado, profanação do nome do Senhor e tantos outros. E nós, permanecemos carentes de homens de atitudes proféticas, cujas ações falem mais que palavras.

Que o Senhor nos dê a graça de testemunhar o valor da vida, de denunciar as injustiças sociais e promover o bem estar da humanidade.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Amós, Capítulo 1

Publicado em: 26/03/2013

    

Amós não era profeta profissional, exerceu sua atividade profética no século 8º aC, no reino do Norte, em Betel perto da fronteira. Ele faz ouvir sua voz contra a leviana e despreocupada atitude que reinava sobre as leis do Senhor, que ensinava a misericórdia para com os fracos e os pequenos.

Escrito durante uma época de prosperidade, quando existia um nítido contraste entre a vida luxuosa de dirigentes das nações e a opressão dos pobres, Amos pregou a urgência de justiça social e à ameaça iminente do julgamento divino.

No primeiro capítulo, ele um pastor proprietário de rebanho, típico representante do povo de Israel, trará duras mensagens do Senhor para algumas regiões e cidades, que cometiam muitos crimes contra o povo. 

Hoje assistimos a inúmeras situações que causam sofrimento e injustiça contra o povo. Nosso batismo nos torna profetas, mas será que temos coragem de levantar nossa voz em defesa dos que sofrem como fez Amós?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 25

Publicado em: 25/03/2013

  

Novamente as tropas babilônicas lideradas por Nabucodonosor investem sobre Jerusalém, que resistem por um período. Quando o rei percebe que tudo já estava perdido, o rei escapa por uma brecha na muralha, mas é alcançado perto de Jericó e levado preso, onde assassina os filhos do rei e arranca seus olhos.

 Por outro lado Jerusalém é arrasada e parte de seu  povo é deportada para longe da sua terra.

Para governar a terra de Judá, Babilônia nomeia o governador Godolias.

A partir do v. 27 vemos a reabilitação de Joiaquin. Era costume entre os reis da mesopotâmia conceder graças especiais no ano de sua ascensão ao trono; fala-se inclusive de um perdão geral de dívidas e libertação de alguns presos. Com esses dados se mantêm viva a esperança de um futuro diferente de Judá; vendo em Joiaquin a esperança da promessa feito a Davi, de quem virá um rei bom e justo (cf. Dt 17,14-20).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 24

Publicado em: 24/03/2013

 

Neste capítulo, nos é revelada a história de Joaquim, rei de Judá, que após um período de submissão à Nabucodonosor, rebelou-se contra o rei da Babilônia e sofreu a ira do Senhor, perdendo, então, tudo que pertencera ao rei do Egito.

Assim, Joiaquin (Jeconias), filho de Joaquim, com dezoito anos, tornou-se rei de Judá e, imitando seu pai, desagradou os olhos de Deus. Em resposta, Nabucodonosor entrou em Jerusalém, levando as riquezas do templo, o rei Joiaquin e 10.000 (dez mil) prisioneiros para Babilônia. 

No lugar de Joiaquin, Nabucodonosor nomeou um tio paterno do rei de Judá, Matanias, a quem deu o nome de Sedecias. Sedecias tinha vinte e sete anos de idade quando se tornou rei e reinou durante onze anos em Jerusalém. 

Da mesma forma que seus antecessores, Sedecias se rebelou contra o rei da Babilônia e fez o que era ruim ao coração de Deus e o Senhor se irritou contra Jerusalém e contra Judá.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 23

Publicado em: 23/03/2013

Após todo o tempo difícil, o rei convoca seu povo a uma nova aliança e todos aderiram. Seguir as leis de Javé, obedecer a seus mandamentos, com todo o coração e alma.

Todo o templo de Javé foi limpo e todos os falsos sacerdotes foram retirados de seu cargo. Uma completa transformação foi feita, pois quem vive de verdade a aliança com Deus não quer saber de permanecer nos erros do passado, mas somente de estar perto do Senhor e seguindo os seus mandamentos.

Neste capítulo, nos versículos 21 - 23 diz: “O rei ordenou a todo o povo: "Celebrem a Páscoa em honra de Javé, Deus de vocês, conforme está ordenado neste Livro da Aliança". Nunca tinha sido celebrada uma Páscoa como essa, desde o tempo em que os juízes governavam Israel, nem durante todo o tempo dos reis de Israel e de Judá. Foi somente no ano dezoito do rei Josias que tal Páscoa foi celebrada em honra de Javé, em Jerusalém.”

Após a morte do rei, colocaram a frente do povo seu filho Joacaz e ele passou a fazer tudo o que o Senhor reprovava, voltou a agir como seus antepassados, após sua morte outro filho de Josias assumiu o poder, mas agiu como o Joacaz.

Lendo este capitulo podemos pensar porque não continuaram o que Josias tinha feito. Eles como nós são humanos e consequentemente erramos, nos esquecemos por muitas vezes da aliança que fazemos com o Senhor. O que podemos aprender aqui é que caímos sim, mas o Senhor esta sempre de braços abertos, esperando nossa volta.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 22

Publicado em: 22/03/2013

            

Neste capítulo, vemos o início do reinado de Josias. Ele foi um rei temente a Deus, fez o que Javé aprovava e foi recompensado com a oportunidade de encontrar o livro da Lei no Templo. Em nome do reino de Judá, arrependeu-se dos pecados resultantes da idolatria de deuses pagãos dos povos vizinhos.

Pelo seu comportamento, foi recompensado por Deus: Porque você se comoveu de coração e se humilhou diante de Javé; porque você escutou as palavras que pronunciei contra este lugar e seus habitantes, que serão objeto de espanto e maldição; porque você rasgou a roupa e chorou na minha frente, eu também ouvi você – oráculo de Javé. (versículo 19).

Hoje o Senhor nos fala que também nós precisamos reencontrar o livro da Lei, que é a Palavra de Deus na nossa vida. Continuamente Deus nos dá oportunidades para segui-lo e reconstruir a Aliança com Ele.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 21

Publicado em: 21/03/2013

           

Nesse capítulo o Rei Manassés e, após ele, o rei Amon, tiveram um governo desorientado da palavra de Deus. Se não bastassem os pecados que cometiam contra Deus, ainda levavam o povo a pecar contra Deus. 

Seguindo a escritura, vemos que no versículo 10, O Senhor se manifesta, com a promessa de punição àqueles que adoram outros deuses.

Podemos observar esses fatos em duas maneiras. Primeiro: o pecado nos afasta de Deus. Afastados de Deus, temos uma necessidade inconsciente de trazer os irmãos para o nosso lado. Essa necessidade de autoafirmação acaba em grande confusão. Ou afastamos mais as pessoas de nós mesmos, ou o que é pior, as afastamos de Deus. 

Outro ponto que deve ser observado: a punição, retrata na bíblia, não é de Deus para os homens. Deus é bom. A punição é a consequência do pecado gerado em cada um de nós. Onde há pecado, não a Deus. E onde não há Deus, o que sobra? Nossas misérias, que veem à tona e querem nos sufocar. 

Por isso irmãos, sejamos santos, busquemos a Deus sobre todas as coisas, para que não caiamos na tentação de nos afogar em nossos próprios erros, e trazer junto a quem tanto amamos.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 20

Publicado em: 20/03/2013

          

Doença e cura de Ezequias

O mesmo profeta (homem de Deus) que traz a notícia da gravidade e consequente morte, traz também a notícia da cura de Ezequias. É Deus que fala com seu povo e dele tem misericórdia.

Isaias pede uma massa de figos para aplicar sobre a úlcera de Ezequias, para nos mostrar que o milagre que Deus quer operar em nossas vidas depende um pouco também da ação humana, mais do que querer é necessário agir/buscar. Aqui podemos lembrar-nos de uma frase que diz: “Não peça nada a Deus se não estiver propenso a dar um passo.”

Diante de todo e qualquer problema em nossa vida, é em Deus que devemos buscar refugio.

Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Mt 11,28

Porque meu jugo é suave e meu peso é leve. Mt 11,30

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 19

Publicado em: 19/03/2013

         

Ezequias demonstra sua indignação rasgando suas vestes e vestindo luto. Seus servos procuram Isaias que anuncia que Deus enviará um espírito contra Senaquerib para fazê-lo voltar a Assíria.

Senaquerib desdenha de Deus dizendo que vai prosseguir com a guerra e destruir Jerusalém. Diante do Senhor, Ezequias suplica para que Ele preserve seu povo da maldade do rei da Assíria.

Pela boca de Isaís, Ezequias recebe a promessa do Senhor, Ele não deixará que nenhum mal aconteça com o povo. Durante a noite grande parte do exercito inimigo foi exterminada e Senaquerib volta para Nínive derrotado, sendo morto pelos próprios filhos.

A mão de Deus se levanta sobre nós ainda hoje e nos protege de toda maldade, que em nossas orações saibamos nos colocar aos seus cuidados. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 18

Publicado em: 18/03/2013

         

O capítulo 18 traz um pouco da liderança do Rei Ezequias, que reinou em Jerusalém por 29 anos.

Ezequias tinha 25 anos quando começou a reinar. Era filho de Acaz e descendente de Davi. Foi o décimo segundo rei de Judá, e um dos melhores. Ficou conhecido por sua generosidade e habilidade na política.•.

O Rei reformou o templo de Jerusalém e o reabriu para o público, restaurou as grandes festas 

Ezequias venceu seus adversários por meio de sua fé no Senhor, e aprendeu com suas fraquezas e derrotas.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 17

Publicado em: 17/03/2013

       

Neste capítulo Israel tenta fazer aliança com o Egito, colocando sua confiança em mãos humanas, acha que de lá virá seu socorro contra o invasor sírio, grande engano, o Egito não se moveu e deixou Israel isolado para se defender sozinho, como o inimigo era mais forte, além de ver seu país invadido ainda foram deportados.

O autor sagrado mostra a causa da ruína de Israel, que foi ter se afastado e feito o que é mal aos olhos de Deus. “...foram atrás dos ídolos vazios e se esvaziaram” (verso 15b).

Olhando para nossa sociedade atual também percebemos um esvaziamento dos custes, dos valores e por fim da própria fé. Reflitamos um pouco sobre nossa condição atual, senão teríamos como causa primeira também esse afastamento do Senhor! 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 16

Publicado em: 16/03/2013

      

Neste capítulo vemos o reinado de Acaz, ele começou a reinar aos vinte anos e reinou durante dezesseis anos em Jerusalém, porém Acaz não fez o que era reto aos olhos do Senhor, seu Deus, como fez Davi, seu pai, mas seguiu o caminho dos reis de Israel.

O seu reino foi invadido por outros reis de Israel que subiram a Jerusalém para guerrear, Tudo isto lhes veio do Senhor porque Acaz permitira que Judá caísse em dissolução. No entanto o Senhor mandou o profeta Isaías falar com Acaz, e lhe disse que não temesse, mas que o rei da Assíria viria para assolar tanto a Síria como Israel.

Acaz foi a Damasco para encontrar-se com o rei dos assírios, Teglat-Falasar e lá viu um altar que o agradou. Mandou a planta e o modelo para o sacerdote Urias em Jerusalém ordenando que o edificasse diante do templo, o que ele fez.

Voltando de Damasco, Acaz fez os seus sacrifícios no novo altar, colocou de lado o altar de bronze construído por Salomão e ordenou que todos os sacrifícios em futuro fossem feitos no novo altar. Assim viveu até que o Senhor o chamasse para junto de si.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 15

Publicado em: 15/03/2013

          

Na leitura deste capítulo destacam-se, pelo número de vezes que são citados, os relatos sobre:

a) A infidelidade dos reis de Israel e de Judá, pois “faziam o que é mau aos olhos do Senhor” (v. 9, 18, 24 e 28) e mesmo aqueles que fizeram o que era agradável ao Senhor (Azarias, também chamado pelo nome de Ozias, v. 3 e Joatão v. 34) obedeceram parcialmente às ordens de Deus, porque não demoliram os lugares altos, permitindo assim que o povo continuasse “sacrificando e queimando perfumes” (v. 4b e v. 35) nestes locais – que representavam a oferenda a outros deuses.

b) Todos os reis citados neste capítulo foram “feridos e mortos”, sendo que apenas Azarias foi ferido pelo Senhor (v. 5) e morreu naturalmente (v. 7); os demais foram assassinados: Zacarias (v. 10), Selum (v. 14), Facéias (v. 25) e Facéia (v. 30) e o trono foi ocupado pelos seus próprios assassinos.

Mais uma vez os autores bíblicos chamam a atenção para a corrupção do poder. Como é difícil manter-se fiel a Deus  quando se detém o poder a autoridade sobre os demais! Mas não é impossível. Três reis, dentre os 41 reis de Israel e Judá conseguiram esta virtude: Davi, Josias e Ezequias – somente esses três; todos os demais deixaram-se inebriar pela fama e pelo poder centralizado em sua pessoa.  E a conseqüência disso foi a destruição de ambos os Reinos e o exílio do povo de Deus.

Que esta leitura nos leve a refletir (especialmente neste Tempo de Quaresma) o quanto estamos comprometidos com o Reino de Deus. Se permanecermos no pecado, fazendo o que é mau aos olhos do Senhor, também nós acabaremos sendo destruídos,  pois a salvação está no Nome de Jesus e a vitória da vida eterna está reservada àqueles que Lhe forem fiéis.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 14

Publicado em: 14/03/2013

    

 O glorioso reinado de Davi, se desmoronou com a morte do seu filho Salomão, dividindo-se em dois: Israel, ao norte, e o reino de Judá, ao sul, com contínuas guerras entre ambos.

No reino do sul, Amasias sucede seu pai Joás, o qual foi assassinado. Amasias foi um rei que não teve a coragem de aplicar uma reforma total, mas manteve os lugares de culto aos deuses estrangeiros.

Vence 10.000 edomitas no vale de Sal, e com coragem declara guerra ao reino do norte. O rei de Israel o adverte para que não se deixem levar pelas vaidades e auto-suficiencia de uma vitória, porque esta atitude pode ter um alto preço.

O jovem rei de Judá não escuta o conselho de Joás, rei de Israel, e declara guerra e a perde em Bet Shemes. O jovem tem que fugir, e o filho do rei do norte, derruba a murallha de Jerusalém e se apropria das riquezas do templo de Jerusalém.

O imprudente rei Amasias é, então, assassinado.

No reino do norte, sucedem reis cruéis e injustos, para mostrar como o poder pode corromper as pessoas que acreditam ser onipotentes , invencíveis e poderosas.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 13

Publicado em: 13/03/2013

   

Israel teve 19 reis, pertencentes a nove dinastias; desses, sete morreram assassinados e um se suicidou. Joacaz e Joás sucederam Jeú e fizeram o que é mau aos olhos do Senhor.

Eliseu foi a alma da resistência patriótica, quando Israel teve que suportar revezes militares, a ponto do rei Joás chama-lo: “Meu pai! Meu pai! Carro e cavalaria de Israel.” (v.14). Quando Eliseu adoeceu o rei Joás foi visitá-lo e o profeta colocou suas mãos sobre as mãos do rei, comunicando-lhe a força divina.

Também, hoje, o Senhor quer colocar suas mãos poderosas sobre as nossas, para que possamos sair do plano das idéias e partir para o plano das ações. Que possamos ser como o profeta Eliseu, cuja vida dedicou a causa dos necessitados e em defesa do direito dos pobres.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 12

Publicado em: 12/03/2013

          

Joás determinou que os templos de Deus fossem restaurados. Pediu aos sacerdotes que usassem para a reforma o dinheiro das oferendas realizadas no templo. Depois de muitos anos os trabalhos de reparos não foram iniciados. Então Joás ordenou aos sacerdotes que começassem o trabalho imediatamente.

Cuidadosas medidas visavam garantir que o dinheiro ofertado a Deus fosse bem gasto. Não se exigia prestação de contas dos que pagavam os trabalhadores, pois agiam com honestidade. Os supervisores estavam numa posição que lhes permitiria enganar os seus trabalhadores, mas porque eram confiáveis, trataram os trabalhadores com honestidade e integridade.

Senhor permita que possamos desenvolver este tipo de atmosfera de confiança no nosso ambiente de trabalho e em nossa comunidade. Ajudai-nos a sermos honestos conosco mesmos e com o próximo, quando a tarefa que nos foi confiada nos leva a manusear e controlar valores e dinheiro.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 11

Publicado em: 11/03/2013

  

Ocozias rei de Judá tomou posse aos vinte e dois anos, mas conduziu o seu reinado fazendo mal aos olhos do Senhor. Cf 2 Reis 8,25 ss .

Com a morte de Ocozias, Atalaia sua mãe quz exterminar também a dinastia de Davi, mas não percebe que Joás, filho menor de Ocozias fora escondido por sua tia Josabá na casa do Senhor, provavelmente porque esta era esposa do sacerdote Joiada (cf 2Cr 22,11).

Atalaia assume o poder de Judá por seis anos. A seu devido tempo enquanto Joás foi crescendo, Joiada sacerdote de Jerusalém, prepara para coroar e ungir Joás como rei legítimo de Judá.

Apesar da conspiração do sacerdote Joiada, este não o faz para si próprio e o derramamento de sangue é pequeno, são condenados a morte Atalaia e Matã, sacerdote de Baal, mas finalmente “todo o povo da terra fez festa e a cidade ficou em paz” cf v.20.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 10

Publicado em: 10/03/2013

         

A morte do restante da casa de Acab, os setenta filhos em Samaria, por obra de Jeú, inicia este capítulo. Jeú matou então todos os que restavam da casa de Acab em Jezrael e todos os seus notáveis, homens de confiança e sacerdotes, até que não restasse nenhum deles. Os parentes de Ocozias de Judá, indo visitá-lo em Samaria, sem saber que está morto, são também mortos por Jeú.

Os fanáticos do Senhor, os recabitas apóiam Jeú e exterminam em Samaria os sobreviventes de Acab, conforme a palavra do Senhor pronunciada por Elias. 

Em seguida, Jeú organiza uma festa de Baal para matar os adoradores.  Assim, Jeú apagou Baal de Israel. Mas, não se afastou dos pecados de Jeroboão que induziam Israel a pecar. Assim, o Senhor começou a retalhar Israel, e Hazael de Aram inicia a opressão aos israelitas. Jeú reinou sobre Israel durante vinte e oito anos, em Samaria.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 9

Publicado em: 09/03/2013

     

O profeta Eliseu orientou que um dos irmãos profetas fosse ao encontro de Jeú e o ungisse com azeite, pois era ele o escolhido do Senhor para ser rei de Israel.

O rapaz o obedeceu e foi ao encontro de Jeú e fez tudo como tinha que ser feito.

Após um tempo a profecia que o rapaz disse a Jeú se cumpriu. 

Este capítulo nos mostra que o Senhor protege os que são Dele e agem de acordo com sua vontade. Para quem crê na promessa do Senhor, sabe que ela se cumprirá, não sabemos o dia e hora, mas Deus sempre cumpre com a promessa.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 8

Publicado em: 08/03/2013

O início deste capítulo continua a sequência de 2 Reis 4,37, quando Eliseu havia intercedido pela ressurreição do filho da sunamita. Interessante a providência divina no desenrolar da situação: justamente no momento que o rei estava conversando com o servo de Eliseu sobre este milagre, chega a sunamita e testemunha a ação de Deus na sua família por meio do profeta. Com isso, ela consegue o que havia ido pedir ao rei, a devolução dos seus bens após morar na terra dos filisteus fugindo da fome.

Posteriormente o capítulo descreve a usurpação do trono dos arameus por Hazael, profetizado por Elizeu. Também descreve o reinado de Jorão em Judá e seu comportamento infiel que desagrada Iahweh, fazendo com que perdesse reinos vassalos.

Como mensagem de Deus para nós hoje, sigamos o exemplo da sunamita, que testemunhou a ação divina na sua vida e acabou recompensada com bençãos. Por outro lado, abandonemos o mau comportamento do rei Jorão e sejamos fiéis Àquele que é sempre fiel.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 7

Publicado em: 07/03/2013

       

Após o exército da Síria ter cercado a cidade de Samaria, os que ali estavam morriam de fome por não poderem se prover de alimentos, e se saíssem dos seus portões, seriam mortos pela espada do inimigo. 

Eliseu não se intimidou com a ameaça sobre sua cabeça e responde ao rei: “Ouçam a Palavra do Senhor!” (cap. 7.1). Quando estamos nervosos, desesperados, com fome, nos sentindo encurralados, não raciocinamos com lucidez e todas as soluções que nossa mente nos apresentar, nos conduzirão para o abismo. 

Eliseu fala ao rei que Deus iria mudar sua sorte. E mudou. Deus sempre cumpre o que promete. Por uma série de situações direcionadas por Deus, o povo de uma hora para outra tinha comida à vontade e muito barata. Não precisaram plantar, nem esperar a chuva, nem colher. Deus realmente “abriu as janelas do céu”, “enviou seu exército” para socorrer seu povo. 

Cumpriu-se a palavra do Senhor e sempre se cumprirá pois “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre” (Hb. 13.8).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 6

Publicado em: 06/03/2013

       

No inicio deste capítulo (o ferro flutuando), vemos uma narração que mais parece um conto de criança, porém o sentido que traz em sí, nos mostra uma grande demonstração de fé e obediência a Deus na pessoa do profeto Eliseu.

O desejo e a atitude de sair de um lugar já apertado para viverem e buscar um lugar mais amplo ocorre Não sem antes consultar o homem de Deus (nossa oração/ouvir Deus).

Autorizados que foram eles pedem “vem tu também conosco”, isto para saber que não podemos prescindir da presença de Deus em nossas vidas, sem ele (representante de Deus), seria melhor ficarem onde estavam. Estando já no lugar, vimos este episódio do machado que flutua e possibilita que o homem o pegue sem maiores problemas, porém para pega-lo tentemos imaginar a cena. Um homem que se ajoelha, se curva conforme o nível da agua até alcança-lo. Assim também as bênçãos de Deus que nos vem a todos os instantes de nossas vidas, é preciso “pega-las/deseja-las”, elas não vão entrar em nossas vidas à força. 

Possamos nós sempre consultar a Deus sobre nossas vontades e desejos, e diante de graça agarra-la e nunca se esquecer de agradecer a Deus. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 5

Publicado em: 05/03/2013

      

Uma jovem, pobre e escrava, ao ver o sofrimento da família onde servia, não se omite, ou fica calada, mas lhes traz uma mensagem de esperança. Ela quer ver Naamã, um homem valoroso, respeitado e chefe do exército do rei da Síria curado da lepra, pelo poder de Deus através do profeta Eliseu.

Naamã ouviu a mensagem certa, mas procurou à pessoa errada, ele se apresentou ao rei de Israel, com uma carta de apresentação escrita pelo rei de Aram. Levava consigo tesouros a fim de presentear a quem lhe fizesse o milagre. O profeta Eliseu mandou ao rei um recado chamando Naamã, que vai até ele, mas não é recebido. Um mensageiro lhe traz as orientações para a cura. Mesmo não acreditando ele mergulha sete vezes no Rio Jordão e fica curado.

Agradecido volta para recompensar o profeta, que prontamente recusa o pagamento, mas no caminho de volta o servo do profeta usando de cobiça recebe parte do pagamento, e por sua traição se torna leproso.

Senhor são muitas as pessoas que nos indicam o caminho certo, mas muitas outras nos direcionam para longe de Ti. Que saibamos reconhecer o chamado daqueles que nos conduzem para a sua presença sempre.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 4

Publicado em: 04/03/2013

    

Neste capítulo, presenciamos alguns milagres realizados por Deus, por intermédio de Eliseu, que caminhou poderosamente com o Senhor, e por Ele realizou grandes prodígios.

O primeiro milagre, relata o caso de uma viúva, que foi esposa de um homem que temia a Deus. Infelizmente, seu marido faleceu, deixando a família toda endividada. Assim o credor, resolveu levar seus dois filhos para serem seus escravos, como pagamento da dívida.

A mulher então recorreu a Eliseu, que orientado pelo Senhor, deu a solução para a viúva. Ela não tinha posses, nem bens, tinha apenas uma botija de azeite na sua casa, e através dela, o azeite se multiplicou, e com a venda do azeite, ela e seus filhos conseguiram pagar sua divida. 

Outro caso narrado no mesmo capítulo, conta a história de uma mulher importante, que viu em Eliseu um grande homem de Deus, e sempre o ajudava, com alimentos e hospedagem. Esta mulher tinha um grande sonho, que era ter um filho, mas acreditava que seria impossível, pois seu marido estava muito velho. 

Eliseu orou ao Senhor e a mulher deu a luz, mas seu filho pegou uma grave doença e faleceu. A mulher foi então ao encontro de Eliseu, que visitou o menino, orou ao Senhor, que fez com que o menino voltasse a ter vida.

Percebemos claramente o poder de Deus neste capítulo. Não importa a situação que nos encontramos, nosso Deus é um Deus de milagres, e para Ele nada é impossível.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 3

Publicado em: 03/03/2013

   

O vale é uma região de declínio entre lugares altos, como montes. Os Reis estavam em um seco vale, todo o exército, enfraquecido, pela falta de água. Quantas vezes, nos encontramos na mesma situação dos Reis? Dando voltas nos vales, pensando em desistir, por causa das adversidades? Porém há profeta no vale e é ele quem diz, inspirado pelo Senhor: "Fazei covas no vale". Como?

Se os Reis, não recorressem à orientação divina, teriam fracassado, antes mesmo de começarem a guerrear. Com tudo para vencer, mas, derrotados. 

MAS, tudo foi transformado quando: Buscaram ouvir a Deus, através do profeta Eliseu. Acreditaram, obedeceram. Cavamos covas no vale, quando agimos dessa forma. Buscamos Deus no vale. Entregamos a Ele, a batalha. Confiamos, obedecemos. Cavamos covas. Os Reis, e seu exército, precisavam cavar. Nós temos que cavar. A fé é a motivação maior para cavar, sem desistir.

Assim, Deus trará provisão. O vale será transformado. Mas ele, não se transformará sozinho. Nós, o faremos. Como Daniel. Ele não foi livre da cova dos leões. Contudo, aquele lugar, que seria de morte, foi vencido.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 2

Publicado em: 02/03/2013

  

Neste capítulo do livro dos Reis vemos o arrebatamento de Elias e a missão de Eliseu como seu sucessor. Elias terminou a sua missão e Deus o levou para junto de si, deixando com Eliseu, a tarefa de conduzir o seu povo.

Ao se deparar com a partida de Elias, Eliseu pede que lhe seja dado o dobro do seu espírito, pois Elias era um profeta cheio do Espírito de Deus, e agora ele precisaria de sua sabedoria, Eliseu permaneceu junto de Elias até o fim, e o Espírito do Senhor se apoderou dele.

Também nós necessitamos estar na presença de Deus constantemente em nossa vida, precisamos do seu espírito para nos conduzir em nossa caminhada rumo ao céu, certamente dentro dos nossos grupos de reflexão ou movimentos da igreja temos líderes abençoados por Deus para conduzir a missão, mas pode ser que um dia Deus também precise de nós, do nosso comando, do nosso Sim, estejamos prontos, certos de que Ele nos ajudará e estará perto de nós!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
II Reis, Capítulo 1

Publicado em: 01/03/2013

 

O 2º livro de Reis continua a narrar a história do povo de Deus no tempo da monarquia, agora nos dois reinos: Israel e Judá.

Contrária à prepotência dos poderes monárquicos sobre o povo e o distanciamento de Deus, estão a fidelidade dos profetas ao Senhor, e a firmeza e audácia de como eles enfrentam os poderes constituídos e denunciam os erros e desmandos das autoridades.

Neste capítulo está descrita a última intervenção do profeta Elias. O rei Ocozias, através de seus mensageiros, quer dar ordens ao homem de Deus, mas é este que dá ordens ao raio.

A confiança do profeta está no poder soberano de Deus, que está acima de toda provocação. Que também nós possamos testemunhar esta confiança plena em qualquer situação, para assim conquistar mais pessoas para o Reino de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

5.297.831


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana