Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 24

Publicado em: 20/12/2014

 

Neste capítulo vemos a preocupação em colocar regras e observar a fidelidade de Israel a Deus, e também estabelecer entre os membros do povo escolhido uma verdadeira fraternidade.

Mesmo insistindo na observância das leis, não deixa de salientar a responsabilidade da consciência individual e o compromisso pessoal, que a fé no Deus único exige. 

Devemos entender que a viúva, o órfão e o estrangeiro são os pobres que não tem meios ou capacidade de produção nem poder na sociedade.

Sejamos fraternos! Somos todos irmãos, filhos do mesmo Deus!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 23

Publicado em: 19/12/2014

 

Todo o livro do Deuteronômio é um código de regras que procuram educar o povo para manutenção de sua fé e de seus costumes, para preservação de sua saúde e para reverência diante do sagrado. Hoje, alguns dos preceitos nos parecem discriminatórios, violentos e, por vezes, até absurdos; mas eram apropriados para aquela época. Por isso Jesus afirmou: “Não vim para abolir a lei, mas sim para aperfeiçoá-la” (Mt 5, 17).

Neste capítulo encontramos alguns desses preceitos, mas também, conselhos preciosos como: “Quando saíres a combater contra os teus inimigos, guardar-te-ás de toda a má ação.”(9), e complementa o apóstolo Paulo em sua carta aos efésios: “Pois não é contra homens de carne e sangue que temos que lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as fôrças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. (Ef 6, 12). Os inimigos continuam atuantes e só, revestidos do poder de Deus, podemos combatê-los.

Outros aconselhamentos – importantes para a época -  dizem respeito à compaixão com escravos fugitivos (15), a sacralidade das ofertas feitas no Templo (17), a cobrança de juros aos estrangeiros, mas não aos irmãos (19), o cumprimento das promessas (21) e o respeito ao que não lhe pertence (24).

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 22

Publicado em: 18/12/2014

 

Através de Moisés o Senhor fala ao povo sobre as estipulações no que se refere à dignidade humana. São orientações sobre assuntos sérios e delicados, mas que podemos perceber a preocupação em ensinar a nova geração, para que antes de entrar na Terra Prometida estivesse melhor preparada.

Naquele momento da história Moisés se lançou a ser um ungido de Deus para ajudar seu povo, hoje somos convidados a nos lançarmos também a ser a Voz do Senhor com o propósito de conduzir nosso povo para a Nova Jerusalém...

Bíblia nas mãos, joelhos no chão e muito amor pela nossa Missão, assim poderemos pedir a unção de Deus para que possamos perseverar!

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 20

Publicado em: 16/12/2014

 

As ordens para a guerra são dadas aos israelitas que deveriam enfrentar seus inimigos sem temor, porque o próprio Deus lutaria por eles.

Estavam dispensados os soldados que tivessem negócios particulares pendentes, que poderiam atrapalhar a atenção da batalha. Também eram dispensados os covardes e medrosos que poderiam desencorajar os demais combatentes. O inimigo é muito poderoso, mais numeroso e possui mais armas do que o nosso exercito, então toda concentração e foco deve estar nesta batalha.

Deus promete ir a frente e lutar para nos salvar. Esta batalha não é nossa; é do Senhor. Mesmo sendo fracos e em menor número, temos Deus a nosso favor e nenhuma força, por maior que seja, poderá dominá-lo, somos vencedores.

Mesmo com a eminência de uma guerra destruidora, a paz sempre deve ser a primeira opção. Caso a proposta de paz não seja aceita, então guerrearemos. Um alerta é dado ao exército: cuidem da subsistência depois do conflito, não destruam as plantas que poderão prover o sustento do exército vencedor.

Tomando para nós hoje estas orientações que o Senhor nos ajude a encontrar o caminho da paz, pois a discórdia nos afasta da graça de Deus que nos quer unidos vivendo o seu reino de amor.

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Deuteronômio, Capítulo 19

Publicado em: 15/12/2014

 

Deus autor da vida, não quer proteger um assassino qualquer, mas sim dar refúgio ao homicida involuntário, e assim evitar novo derramamento de sangue, em uma época que vigorava a Lei de Talião, ou seja, uma retaliação.

No v.14, aparentemente deslocado do contexto das “cidades refúgio”,  mas Deus deseja que todos possam ter seu lugar para morar e produzir, principalmente em uma época onde a atividade principal era a agropecuária.

Numa sociedade decadente, a lei deuteronômica procura a justiça, as delações deveriam ser cuidadosamente investigada, para não cometer injustiças, evitando mentiras e punindo com castigos quem o fizera (conf. vv. 15-21).

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

1.659.222


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana