Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Provérbios, Capítulo 31

Publicado em: 30/10/2014

 

O início desse capítulo, provérbios do rei Lamuel, o rei recebe conselhos de sua mãe contra a imoralidade e a bebedeira. Sua mãe o aconselha a evitar a promiscuidade e o consumo de bebidas, pois assim reinaria com justiça e sabedoria.

A segunda parte é sobre a mulher de valor, trata de um poema sobre a importância da moral e a fidelidade conjugal, como visto nos versículos dez e onze, “A mulher de valor, quem a encontrará? Ela é muito mais preciosa do que as joias. Seu marido confia nela plenamente e não precisa de outros recursos”. 

Desta maneira podemos concluir que nesta segunda parte desse capítulo o autor demonstra o valor inestimável de quem encontra uma mulher virtuosa, pois seus atributos são incalculáveis. A mulher de valor é abençoada pelos filhos e pelo marido, “Seus filhos levantam-se para felicitá-la e seu marido, para fazer-lhe elogios” (28).

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Provérbios, Capítulo 30

Publicado em: 29/10/2014

 

“Não me dês nem pobreza nem riqueza, concede-me o pão que me é necessário, para que, saciado, eu não te renegue”. (8/9)

“Toda a palavra de Deus é provada, é um escudo para quem se fia nele”. (5)

Palavra de sabedoria. Só Deus é completamente sábio, e o ser humano, por mais que se esforce, só com extrema dificuldade alcança ver o brilho dessa grande sabedoria que se revela à humanidade através da sua palavra.

Pedir a Deus o necessário, nem mais nem menos, apenas o pão de cada dia, para que saciado, não reneguemos a Deus, pois corremos o risco de que passando fome percamos a fé e a esperança, e que, na riqueza nos esqueçamos de Deus.

Os milhões e milhões de homens e mulheres que diariamente são despojados e famintos, a que Deus se dirigem? Que resposta obtém de Deus? Deus está disposto a responder, mas única e exclusivamente através daqueles de nós que nos consideramos seus seguidores. Que respostas estamos dando nós? Que imagem de Deus estamos mostrando a esses seres humanos filhos de Deus como nós, e que padecem fome e infortúnio?

Que Deus nos dê o dom da sabedoria para conhecer sua vontade e fortaleza para cumprir o que espera de nós.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Provérbios, Capítulo 29

Publicado em: 28/10/2014

 

Indicam estes versos o bom proceder da sociedade daquela época. Fala do perverso, que mesmo repreendido insiste em continuar com o seu coração endurecido, e da grande alegria de um povo que tem um governante justo. Mostra o homem que ama a sabedoria, como sendo aquele filho, que muito agrada a seu pai, e que corrige seus próprios filhos com firmeza para que eles cresçam e se tornem homens íntegros e justos. Fala dos que com seu trabalho ajudam no sustento da terra pagando impostos corretamente, e dos  coletores que obrigam o povo a recolher impostos acima das taxas oficiais e se tornam odiados como os ladrões. O Senhor ilumina os olhos do patrão opressor, como os de seus empregados, e fará com que o opressor deixe de ser opressor, e o empregado pobre deixe de ser vingativo. O patrão, e o trabalhor podem viver juntos se forem iluminaos por Deus. Sobre a educação dos filhos, orienta para que os pais não deixem seus filhos sem disciplina, pois a criança precisa de orientação e do bom exemplo de seus. Observar a retidão do proceder, e a justiça praticada com nossos irmãos, nos aproxima mais de Deus que em Cristo nos ensinou o grande amor que nosso Pai criador sente por nós, seus filhos.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Provérbios, Capítulo 28

Publicado em: 27/10/2014

 

O capítulo 28 de Provérbios apresenta como tema central a "ética do governante”, notadamente dos versículos 1 até 17.

Ensina que os homens que vivem em paz são governados por pessoas inteligentes e instruídas, pois na sua nação há ordem. Ao passo que nações em guerra são suscetíveis a todo tipo de líder, até mesmo àqueles que oprimem os fracos e desobedecem a lei.

Ora, o governante que busca a Deus e o ama, acima de tudo, entende que a honestidade deve estar presente em sua vida. Por isso, faz um bom governo, não despreza os fracos, observa as leis e não usa a opressão ou qualquer outra arma para ser respeitado. 

Ainda podemos ver neste capítulo que o homem que reconhece seus pecados e se converte, abandonando-os, “obtém compaixão” (v. 13).

A partir do verso 18 as afirmações e os conselhos do Autor passam a ter um cunho mais religioso, ainda que não abandonem as questões éticas.

Identificamos nos versos 18 e 20 as palavras de Jesus sobre a salvação e as bênçãos de Deus aos seus filhos leais.

No verso 21 também nos recordamos das palavras de Jesus, que nos ensinou a não discriminar as pessoas.

E mais uma vez o Livro dos Provérbios nos lembra que Deus pede aos homens amor mútuo, o amor fraterno. Tal se dá no verso 27, quando o Autor diz que “para quem dá ao pobre não há necessidade (…)".

Por tudo isso, rezemos para que possamos viver no nosso dia a dia o mandamento do amor (Jo 13,14), pois assim alcançaremos a paz entre irmãos e seremos dignos das bênçãos do Pai.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Provérbios, Capítulo 27

Publicado em: 26/10/2014

 

“O tapa do amigo é leal, mas o beijo do inimigo é mentiroso.” Versículo 6.

A verdade nos liberta, diz Jesus, porém, nem sempre ela é fácil de ser acolhida, principalmente quando dita por alguém próximo. Preferimos a mentira com sutileza a verdade dita com dureza. Se bem que para se falar a verdade não é preciso usar de grosseria. Mas falar só o que querem ouvir, como querem ouvir nem sempre isso é possível.

Atualmente somos obrigados a nos comportar de forma, “politicamente correta”, pois, temos hoje um padrão de comportamento, aceitável e imposto pela nossa sociedade, do qual não pode fugir. 

A tolerância à verdade está em baixa, o que vale é o que eu penso, cada qual trás consigo sua verdade, isso foi chamado pelo Papa Bento XVI de ditadura do relativismo.

A verdade incomoda, assim como incomodou Pilatos. Que Ela nos incomode também!

 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

1.511.786


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana