Bíblia Diária - Para uma leitura diária e frutuosa da Palavra de Deus!
Clique aqui para criar a sua área pessoal

Leitura do dia:
Números, Capítulo 7

Publicado em: 30/09/2012

      

 Este livro se chama Números porque nele há duas contagens do povo: a primeira, feita quando os israelitas saíram do Egito (Nm1); e a outra, feita quarenta anos mais tarde, antes de entrarem na terra de Canaã (Nm 26). Este capítulo vem a ser um dos mais longos de toda a Bíblia, nele observamos a oferta de animais em favor do povo. São três tipos de ofertas, o holocausto, o sacrifício de expiação e o sacrifício de comunhão, serviam eles para purificação,para o perdão de pecados e para gratidão respectivamente.

Jesus com sua paixão aboliu para sempre essa prática, Ele é o cordeiro sem mancha que tira o pecado do mundo (João 1, 29-36).

Jesus por sua encarnação, morte e ressurreição nos lavou de todo erro, de todo o pecado e nos deu o céu por herança.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 6

Publicado em: 29/09/2012

      

Nesta passagem vemos a orientação de Deus a Moisés quanto a postura de uma pessoa que se consagrava a Deus por um período de tempo (Nazireu), era um tipo de devoção voluntária, durante um período limitado de tempo no qual eles não podiam comer ou beber qualquer coisa que veio da videira, e não cortar o cabelo e a barba.

A videira era uma fonte de prazer físico e a sua abstenção significava uma vida entregue a Deus. Não cortando o cabelo e a barba significava a abstenção do adorno humano.

É preciso que também nós nos dias de hoje nos coloquemos em sacrifício perante Deus, renunciando algo que gostamos, como bebida ou comida, por certo tempo, para que possamos vencer nossas vaidades físicas e espirituais. É preciso se colocar humilde diante de Deus e dos nossos irmãos para que sejamos purificados e moldados por Deus que é nosso Pai e criador.

Por fim temos a benção ensinada por Deus: O Senhor te abençoe e te guarde, faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti, sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. O pronunciamento desta benção sela a aliança de Deus para com o seu povo.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 5

Publicado em: 28/09/2012

      

Para entender a leitura deste capítulo precisamos considerar a cultura da época (exageradamente machista), o rigor da Lei a que os israelitas estavam submetidos e  a situação em que se encontravam: em caminhada pelo deserto.  Temos, no texto, a abordagem de três atitudes distintas:

1ª) a expulsão dos contaminados para fora do acampamento: aqui a ordem de Deus visa a preservação da vida; era necessário impedir que as doenças contagiosas resultassem numa epidemia geral, pois no deserto eram poucos os recursos que a comunidade dispunha para manter o povo saudável.  Entretanto, cabe lembrar que tal procedimento estendeu-se até o tempo de Jesus; não conivente com esta marginalização, Jesus foi até aos leprosos, curou-os e enviou-os ao sacerdote para re-inclusão na sociedade.

2ª) a prática da justiça: se alguém prejudicasse o próximo, esta injustiça era considerada como uma ofensa a Deus e a ambos (ao próximo e a Deus) deveria haver uma restituição ou reparação do dano causado.  Como viveríamos num mundo diferente se tal prática fosse assumida nos dias atuais!!!

3ª) o ciúme do marido:  quando não houvesse meios humanos (testemunhas) para se conhecer a verdade sobre um fato (culpa ou inocência) deveria se apelar para o juízo de Deus e Deus se manifestaria de alguma forma. Há quem considere que os procedimentos descritos no texto visam a defesa da mulher sobre quem recai a suspeita. Embora pudesse assim ser comprovada a inocência de uma mulher, erradamente condenada pelo marido, a submissão ao “rito” de julgamento já era uma grande humilhação... e, pergunto eu: onde está o homem que, possivelmente, teria adulterado com ela?... Por que só a mulher era submetida ao julgamento?... Por que não é descrita qualquer penalidade para ele?... Apenas os costumes da época teriam resposta a esses questionamentos.

Glória a Deus, que na pessoa de Jesus Cristo, nos mostrou que em Seu Reino não há discriminação entre homens e mulheres e a todos é reconhecida e respeitada a dignidade da pessoa humana! Tantos são os exemplos descritos nos Evangelhos!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 4

Publicado em: 27/09/2012

       

Israel caminha no deserto, mas já se prepara para deixar o Sinai. Moises, Araão e os chefes da comunidade fazem um censo dos descendentes de Caat, clãs e casas patriarcais. O objetivo é perceber aqueles que estão aptos para a guerra a fim de servirem na Tenda do Encontro.

Neste contexto, Deus dá diretrizes,  de como cobrir o santuário com utensílios e levantar o acampamento. As tribos se organizam em torno da tenda, e a mensagem desta ordem é sobre o serviço: como servir o Senhor através das ordens dadas através de Moisés, para que exista organização no acampamento e  no tabernáculo.

Deus sabe guiar o seu povo e dá a ele as instruções a serem seguidas. Por que? Para que seu povo saiba viver e aproximar-se das coisas santas, a fim de não morrerem (v.19).

Quando Deus dirige as nossas vidas, esta direção tem uma finalidade: que vivamos de forma organziada e sejamos felizes. Deixemos ser guiados pelas mãos de Deus e depositemos nossa confiança Naquele  que é o Senhor de todas as coisas.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 3

Publicado em: 26/09/2012

      

Estes capítulos iniciais (1-4) apresentam a comunidade israelita se organizando como um acampamento militar em busca da terra prometida, no momento da sua partida do Sinai.

O Senhor pede a Moisés que faça o recenseamento de todos os primogênitos israelitas por casas patriarcais e clãs, de todos os homens acima de um mês de idade (15) e toma para si os levitas para exercerem as funções sacerdotais.

A tribo de Levi aparece dividida em duas partes: os aaronitas, que exerciam funções sacerdotais e os  levitas, ajudantes dos primeiros. Interessante observar que os levitas são escolhidos por Deus em substituição aos primogênitos, pois no período patriarcal os chefes de família e os primogênitos é que exerciam as funções sacerdotais. A nova ordem sacerdotal, então, só podia agora ser convocada dentre os filhos de Aarão, que passam a servir a nação inteira.

Ressalta-se ainda o tema da Tenda, lugar da Presença (Shekkinah) do Senhor, que caminha no meio do seu povo. Esse é o nosso Deus, Aquele que conduz, que guia e caminha conosco. Somos povo peregrino em busca da Terra Prometida e o nosso Deus é aquele que vê a realidade, ouve os lamentos e alimenta seu povo na Santa Eucaristia.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 2

Publicado em: 25/09/2012

      

Depois do recenseamento, Moisés e Aarão foram até a Tenda para falar com Deus, que lhes detalhou como deveria ser a organização do acampamento, a ordem de partida e a marcha.

Deus orientou também, a divisão dos homens das doze tribos em quatro exércitos e nomeou os seus líderes. Os israelitas fizeram tudo o que o Senhor tinha ordenado a Moisés; eles acampavam junto às suas bandeiras e depois no momento da partida seguiriam cada um com o seu clã e com a sua família obedecendo a ordem de saída estabelecida por Deus.

Com a organização das tribos em exércitos, e a ordem da saída para a marcha, já se iniciavam os planos e a estratégia para a chegada e ocupação da terra prometida.

O núcleo de tudo era a Tenda, o lugar onde o Senhor habitava. Deus estava no meio deles e lhes transmitia esperança, segurança e progresso. Era seu protetor presente e poderoso, para eles uma luz durante noite escura, e uma sombra bem vinda durante o quente dia do deserto.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Números, Capítulo 1

Publicado em: 24/09/2012

       

O Livro dos Números traz uma sequencia cronológica dos fatos vividos pelo povo de Deus, mais simbólico que real, mostrando que o povo continua em marcha no deserto rumo à Terra Prometida.

Talvez o objetivo do recenseamento seja mostrar quem saiu do Egito, quem peregrinou pelo deserto durante 40 anos e quem entrou em Canaã, pois sabemos que muitos dos que estavam no Egito não alcançaram a Terra Prometida.

Em vários momentos de nossa vida, passamos por muitos desertos, ora vivenciando a alegria de ser libertos da escravidão do pecado, ora em crise na caminhada rumo a nossa Terra Prometida, a Canaã Celeste e até mesmo, ora com fé e esperança que conseguiremos chegar ao lugar que o Senhor nos reservou.

Seja qual for o momento que estejamos vivendo o importante é sermos contados neste exército de Deus para combater o bom combate de nossa vida.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 40

Publicado em: 23/09/2012

       

Depois da libertação do povo para a Aliança e Instrução; após a Marcha dos israelitas até o Sinai; a Aliança; as ordens para a construção do Santuário, e por fim, a ruptura e a renovação da Aliança, no último capítulo do Livro de Êxodo, nos deparamos com a consagração da morada de Deus, ou do tabernáculo.

Nesta etapa, o Santuário alcança sua finalidade, isto é, de que o Senhor esteja junto de seu povo, com a descida de uma nuvem sobre a tenda. Para nós hoje, a morada de Deus se realiza no templo do Espírito Santo, que corresponde ao coração de cada um dos fiéis.

Com o término da leitura do Livro de Êxodo, com os olhos nos acontecimentos e sentimentos de sua vida,  você pode encontrar, pessoalmente e em comunidade, com o Deus libertador, já que a sua morada - a morada de seu Espírito Santo - está dentro de seu coração e se expressa nas suas escolhas de vida.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 39

Publicado em: 22/09/2012

      

Observamos alguns pontos interessantes na passagem bíblica:

1-    A Obediência a Deus: no versículo 42 diz: “Os israelitas executaram todos os trabalhos exatamente como o SENHOR havia ordenado a Moisés”.
Independente da dificuldade ou da quantidade de detalhes, os israelitas executaram o seu trabalho.

2-    A benção do líder: no versículo 43 diz: “Moisés examinou toda a construção e viu que a fizeram exatamente como o SENHOR havia ordenado a Moisés, e os abençoou”.
Moises reconhece o bom trabalho, a dedicação e abençoa cada um.

Como os israelitas, em nossas atribuições do dia a dia, que façamos tudo obedecendo ao nosso Senhor e com certeza, sempre que agimos com obediência, o Senhor nos abençoará como Moises abençoou o seu povo.

Colocaram uma placa escrito: “Consagrado ao SENHOR” (versículo 30), ser consagrado, que é ser do sagrado é estar com o sagrado. Significa estar apartado, ter uma mentalidade diferente do profano.

Convido você hoje a fazer esta oração comigo: Senhor, eu quero obedecer a sua vontade, agir como um filho seu e receber a sua benção, que em mim esteja gravado esta mensagem: “Consagrado ao SENHOR” porque assim quero ser! Amém!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 38

Publicado em: 21/09/2012

      

Neste capítulo vemos a continuidade do cumprimento das prescrições quanto à confecção dos objetos litúrgicos utilizados naquela época.

Chama a atenção a quantidade de metais preciosos utilizados nesta obra (v. 21 a 31). Para se ter uma ideia, somente de ouro foi utilizado quase uma tonelada. Podemos observar aí a generosidade do povo de Israel, que doou todos os metais necessários à construção desta obra onde os israelitas prestavam culto a Deus.

Como mensagem para nós hoje sigamos o exemplo dos israelitas: façamos aquilo que Deus nos pede por meio de nosso bispo e dos nossos sacerdotes; além disso, sejamos generosos através do nosso dízimo e ofertas na comunidade. Por meio deles conseguimos manter a nossa igreja templo e prestar a Deus nosso culto de louvor, além de subsidiar as missões e socorrer nossos irmãos mais carentes.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 37

Publicado em: 20/09/2012

      

Nesse capítulo, Bezeleel e outros homens prudentes aos olhos do Senhor, construíram a arca da aliança. As obras do Senhor, nesse capítulo representadas pela arca, sempre são feitas por homens habilidosos. Podemos entender essa “habilidade” como o realizar todas as coisas que nos competem, da melhor maneira possível, pois, como escrito em Eclesiastes 9, 10: “Tudo que tua mão encontra para fazer, faze-o com todas as tuas faculdades, pois que na região dos mortos, para onde vais, não há mais trabalho, nem ciência, nem inteligência, nem sabedoria.”

Outro ensinamento nesse capítulo está relacionado à própria arca. Todos os símbolos, materiais e medidas utilizadas para fazê-la possuíam um objetivo, um simbolismo, uma mística (cita-se aqui o misticismo original que envolve a igreja, não a deturpação de seu significado, como, por exemplo, magia). Todo esse cuidado é realizado para guardar os mandamentos de Deus. Que nós possamos ter todo o cuidado, o amor e zelo para guardarmos em nosso coração, os mandamentos do Senhor.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 36

Publicado em: 19/09/2012

      

Se queremos trabalhar para Deus devemos ter disposição e obediência, saber que os planos são importantes, mas devemos sempre realizar “a obra como o Senhor ordenou”. (1) O povo levou mais do que o necessário para a construção. Isso é espírito de gratidão que alegra a Deus. (5) 

Havendo o suficiente, foi dito ao povo que não trouxesse mais. Transparência é um dos requisitos de quem administra. (6/7) Ofertas mais do que o suficientes. Essa é a realidade quando a igreja entende o que é de fato nossa maior prioridade.

A devoção, o zelo e a liberalidade dos israelitas, nesse caso, “são um exemplo digno de imitação”. Nosso envolvimento na obra de Deus beneficia antes a nós mesmos.
 “Deixando a cada um a obra que fazia.” A melhor oferta que podemos dar é nosso tempo. Deus chama pelo nome, capacita com dons e espera sua disposição para realizar a obra. Você aceita o chamado do Senhor?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 35

Publicado em: 18/09/2012

      

Assim como Deus descansou no sábado depois da criação do Universo, foi este o dia que o Senhor ordenou ser reservado para o descanso do trabalho do homem, e para adoração e dedicação ao seu Deus.

Para a construção da tenda vários materiais são especificados e relacionados uma segunda vez, para recordar e se saber com precisão como deveria ser construída. Grande era a variedade de coisas que os israelitas tinham de trazer, desde ouro, pedras preciosas, estacas e cordas que serviriam como suporte para a construção. Nesta longa lista, cada um encontraria algo que pudesse oferecer.

Só a oferta feita segundo o coração, com alegria e amor, agrada a Deus. O povo simples do deserto possuía tesouros recebidos dos egípcios, após presenciarem os milagres realizados por Deus, antes da fuga e libertação dos que eram oprimidos.

Também, o serviço realizado pelas mulheres era movido pelo coração, dando ou fazendo alguma coisa para o santuário ajudavam no que podiam de acordo com as suas habilidades.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 34

Publicado em: 17/09/2012

      

O Capítulo 34 do livro de Êxodo relata a forma como foi restaurada a aliança entre Deus e Israel. O povo tinha quebrado a aliança, mas a oração de Moisés foi atendida pelo Senhor.

Moisés foi instruído a lavrar duas tábuas de pedra, como eram as primeiras e depois foi orientado a subir no monte Sinai, pois Deus iria escrever nas pedras as palavras que estavam nas primeiras tábuas. 

Assim, de madrugada, Moisés fez conforme o Senhor havia lhe ordenado. Ao restaurar a aliança, Deus revela sua Glória a Moisés, que imediatamente o adora no monte. Após a adoração, o Senhor proclama suas promessas para o povo, prometendo realizar grandes obras.

Moisés ficou 40 dias com o Senhor no monte, em jejum. Neste período ele foi sustentado por Deus. aApós este período, Moisés desceu do monte com o rosto resplandecendo por estar na presença de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 33

Publicado em: 16/09/2012

     

A tenda do encontro, penso que seja o ponto central desse capítulo. A tenda é algo novo para aquele povo, é o lugar do encontro com Deus, porém, só Moisés pode entrar, como prefiguração do Cristo como o único mediador entre Deus e o homem. “O Senhor falava com Moisés face a face, como um homem fala com um amigo” verso 11.

Animado pelo diálogo amistoso e não contente com ele, Moisés se atreve a pedir a manifestação máxima de Deus: não só ouvir, mas ver; não só o nome, mas a pessoa. O homem porém não pode abarcar a manifestação de Deus nesta vida. Deus lhe concede algo do que pede: coberto pela palma de Deus, sentira sua passagem impalpável, que não poderá deter. Será uma presença sentida, intensa e rápida.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 32

Publicado em: 15/09/2012

    

O capítulo 31 de Êxodo fecha com Deus entregando para Moisés as duas tábuas da lei ao final de quarenta dias. No capítulo de hoje ( Êxodo 32) Moisés desce do Monte e descobre que Israel já havia quebrado a Aliança.

Cansados de esperar por Moisés e sem saber o que lhe tinha acontecido o povo resolve fazer um bezerro de ouro para adorá-lo, eles instituíram sua própria forma de adoração. Infelizmente, eles tinham aprendido a idolatria no Egito onde o touro era objeto de adoração. Arãao  vacilou tão rapidamente diante da multidão. Eles simplesmente desejaram uma imagem visível.

O homem cobiça tanto aquilo que é visível e não valoriza o culto que é somente espiritual. A fé não é natural ao homem. Precisamos cada vez mais pedir ao Espírito Santo que aumente a nossa fé e abra os nossos olhos para as coisas espirituais.

Que nós, como Moisés, possamos adorar Deus com a fé que vê o invisível!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 31

Publicado em: 14/09/2012

   

Os capítulos 25 a 31 do livro do êxodo apresentam instruções sobre os procedimentos no Santuário – lugar de encontro com Deus, seja este encontro numa Tenda ou local construído; são instruções sobre o altar, os objetos, as vestimentas, o rito e, neste capítulo, sobre os artesãos escolhidos para projetar e construir os móveis e utensílios a serem utilizados no culto.

“Enchi-os com o Espírito de Deus: sabedoria, habilidade e conhecimento para qualquer trabalho...” (3). Serão artesãos “inspirados”, pois Deus valoriza sua casa e o local de seu encontro. Hoje este local são as instalações da Paróquia e os lugares onde nos reunimos para “encontrar o Senhor”; participar, portanto, das Missas, das diversas atividades paroquiais, dos Grupos de Reflexão, etc... não é, simplesmente, executar um procedimento habitual, é encontrar-se com Deus e com nossos semelhantes, daí, é desejo de Deus que o local seja cuidadosamente preparado e que cada participante esteja cheio de Seu Espírito.

Além disto, o capítulo 31 expressa, claramente, a obrigatoriedade do descanso semanal como sinal perpétuo de pertença ao povo de Deus. A observância do sábado – para os israelitas - e do domingo para nós cristãos (porque Jesus ressuscitou num domingo), é a síntese da aliança que relaciona o povo com Deus criador do universo – que trabalhou seis dias e repousou no sétimo dia.  Consagrar o domingo como Dia do Senhor e participar das missas como ato concreto de obediência e gratidão à bondade de Deus para conosco é cumprir a vontade de Deus.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 30

Publicado em: 13/09/2012

   

O povo já peregrinava há 40 anos pelo deserto com a esperança de entrar na Terra Prometida.
Quando já estavam na fronteira desta terra, Moisés, da parte de Deus, legisla a vida do povo nesta nova etapa, com a mensagem de que a felicidade paradisíaca não é segura, porque esta felicidade depende do cumprimento da divina vontade, em todos os sentidos das relações humanas.

Neste capítulo, a ênfase está na Liturgia e na Tenda da Reunião, que depois será o templo, onde estará a Presença de Deus, e Ele detalha cuidadosamente cada elemento. Não por um legalismo cego, mas pela importância da Presença de Deus neste lugar. É prioritário. A abundância de ouro e madeiras finas revela que Deus ocupa o principal lugar na Terra que irão conqusitar.

Ainda que não entrem em Canaã, este relato dá como um fato, o cumprimento da Promessa divina de llhes outorgar a terra que havia jurado aos patriarcas. É uma maneira de acreditar nas promessas, assim como, confiar que Deus  as cumpre sempre.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 29

Publicado em: 12/09/2012

   

Neste capítulo observamos o ritual de consagração dos sacerdotes e seus sacrifícios diários. Aarão e seus filhos foram conduzidos à porta do Tabernáculo para serem lavados, pois, como sacerdotes, mediadores entre Deus e o povo, precisavam estar limpos. Hoje, nós também precisamos ser lavados pelo novo nascimento para uma vida nova.

Depois Aarão é vestido e ungido. Em Israel havia 3 ofícios importantes: sacerdotes, reis e profetas. Estas pessoas eram ungidas para o ofício, prefigurando Jesus Cristo, que foi ungido pelo Espírito Santo de um modo muito especial. Esta Unção significa que pelo Batismo nos tornamos participantes do poder messiânico de Jesus. E também, conforme São Pedro (1 Pd 2, 9-10) nos tornamos raça eleita com Cristo, reis, sacerdotes e profetas.

Reis, porque somos possuidores do Reino de Deus. Com Jesus vencemos a morte e o pecado e podemos participar da própria vida de Deus. Sacerdotes, porque somos povo de Deus na Nova Aliança, fazemos parte de um povo sacerdotal capaz de oferecer sacrifícios com Cristo. Profetas, porque participantes da salvação em Cristo, devemos anunciar à humanidade por palavras e exemplos de vida, demonstrando que Deus é Amor através do verdadeiro amor pessoal.

Reflitamos: estamos agindo como reis, sacerdotes e profetas ou estamos enclausurados em nossos egos, vivendo a experiência da morte sem atentar para o brilho da ressurreição?

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 28

Publicado em: 11/09/2012

   

Em um texto atual, li a comparação desta passagem a uma jovem, que distante tenta orientar, por telefone, uma costureira sobre como ela queria o seu vestido de noiva. Como seria a riqueza dos detalhes desta conversa para que o vestido tenha a importância e o significado que merece esta data?

Assim é nosso Deus, Ele está passando orientações e preparando uma pessoa humana, para ser seu sacerdote, e se encontrar com Ele. Numa descrição completa, cuidadosa, detalhada, sobre suas vestes, Deus fala sobre o tecido, a cor, os materiais, os ornamentos, e o tamanho de alguns itens, nada seria exagero para ter certeza que elas estariam conforme a sua vontade.

Para Deus esta pessoa é muito importante, tão importante que ele a quer preparada e revestida de grande beleza. Não são simples vestes, nelas muitos significados estão gravados e todos estes significados serão apresentados a Deus neste encontro. Jesus o maior de todos os sacerdotes, levou gravado em seu coração nossos nomes, nossa história, nossos pedidos e necessidades, quando retornou para o Pai.

Nosso coração não pode estar vazio quando nos colocamos na presença de Deus, ele precisa ser preparado para este encontro, nele devemos gravar nossa história, os nomes das pessoas que amamos, ou que ainda precisamos amar, e o Senhor colocará seu olhar sobre tudo e demonstrará o seu grande amor por nós.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 27

Publicado em: 10/09/2012

   

O altar dos holocaustos trata-se de um caixão de madeira recoberto de bronze, nele se ofereciam os sacrifícios. Alguns altares, depois somente o do Templo de Jerusalém estava provido de cornos em seus quatro ângulos, estes serviam para que um perseguido de morte ao se agarrar ali pudesse receber asilo no santuário (cf. 1Rs 1,50; 2,28).

O átrio ou pátio do santuário era separado por grandes cortinas, separando o sumo sacerdote, os sacerdotes, os judeus, as mulheres e os gentios. Em Lc 23,45, no relato da morte de Jesus, o evangelista descreve entres os fenômenos acontecidos, o rasgar o véu do templo, mostrando que com a morte de Jesus, todos tem acesso ao altar do Senhor e consequentemente a sua Salvação.

A manutenção das lâmpadas permanentemente acessas, com puro azeite de oliva, fruto da misericórdia de Deus e do trabalho humano, tem a função de lembrar a presença constante do Senhor no Santo dos Santos, princípio este também da lâmpada acessa ou velas sempre na presença de Jesus Eucarístico. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 26

Publicado em: 09/09/2012

      

Neste capítulo temos a descrição do tabernáculo, ou, também, a morada com as dez cortinas. Descreve-se o pavilhão do santuário, separado por um véu, dividindo o Santo do Santíssimo.

A passagem em questão permite a compreensão da Bíblia como livro da vida, já que tudo que é útil para a vida israelita, nela é encontrado, isto é, a forma como organizar a cidade, a construção e arquitetura do santuário, as obras de ornamentação e o culto em si.

Apesar de tratar de organização de uma comunidade distante na história, há uma importante lição a ser obtida por nós hoje, submetidos a uma sociedade completamente diferente daquela época: A sabedoria do Espírito de Deus é a fonte de tudo e, por isso, tudo deve estar a serviço Dele e de seu povo.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 25

Publicado em: 08/09/2012

Que bom ler este capítulo, pois nele o Senhor pediu que a arca da aliança fosse construída e passa como essa arca deveria ser feita e onde ela tinha que ficar. Os mínimos detalhes foram passados. Deus nos chama a sermos essa arca, de levarmos em nossos corações sua lei. Pois a lei do Senhor é vida.  

No versículo 8 o Senhor diz: “Eles me farão um santuário, e eu habitarei no meio deles”. Que bom saber que nosso Deus habita no santuário, que Ele quer estar perto dos que ama!

A arca da aliança era o sinal da presença de Deus para os israelitas e hoje podemos nos aproximar do Senhor em cada missa, em cada adoração ao Santíssimo Sacramento, o Senhor vive no nosso meio e nos aguarda, espera nossa visita. Ele esta sim em todos os lugares conosco, mas no santuário é no nosso lugar sagrado de encontro com o Divino.

Faço uma proposta: Vamos adorar hoje o nosso Deus? Que esta leitura brote em nós essa sede, de estar diante do nosso Deus, hoje e sempre!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 24

Publicado em: 07/09/2012

   

Ao meditarmos este capítulo, assim como todo o restante do Antigo Testamento, devemos olhar para o Novo Testamento, para a figura de Jesus. 

É fundamental lermos as referências dessa passagem no Novo Testamento, em Hebreus 9, 15-28 e Mt 26, 26-28. 

No versículo 8, Moisés diz ao povo Este é o sangue da aliança que o SENHOR fez convosco, referente a todas estas cláusulas”. Esta aliança foi quebrada pelos pecados cometidos pelo povo. O povo descumpriu as leis de Deus, que, por amor, e para selar uma eterna Aliança, se fez homem na pessoa de Jesus e morreu para que todos fôssemos resgatados do pecado. 

Vejamos uma comparação das duas alianças 

 

Primeira Aliança

Segunda Aliança

Objetivo

Cumprimento da Lei

Resgate do pecado

Mediador

Moisés

Jesus, filho unigênito do Pai

Altar

Pedra

Jesus

Sacerdote

Representantes do povo

Jesus

Vítima

Animal

Jesus

Sinal

Sangue da vítima

Sangue de Jesus (Eucaristia)

Duração

Temporária, passível de ruptura

Eterna e definitiva

Para quem se destina

Povo de Israel

Todos os povos

Como propósito do nosso estudo bíblico de hoje, façamos o compromisso de sacrificar egoísmos e comodismos por Deus que se dá inteiramente a nós. Digamos como o povo de Israel na primeira aliança (v.7): Faremos tudo o que o SENHOR falou e obedeceremos”.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 23

Publicado em: 06/09/2012

   

Nesse capítulo Deus fala com seu povo sobre seus deveres de justiça, o ano sabático e sábado, festas anuais e algumas promessas e recomendações antes da partida para Canaã.

Podemos ver também neste capítulo a maravilhosa condescendência daquele que, não obstante ser o grande Deus do céu e da terra pode, todavia, curvar-se para julgar entre os homens pequenas coisas. ”Quem é como nosso Deus, que habita nas alturas; que se curva para ver o que está nos céus e na terra?”. Governa o universo e, todavia, pode ocupar-se com o suprimento de vestuário para uma das suas criaturas. Dirige o voo dos anjos e toma nota do rastejar de um verme?

Os versículos 10 a 12 tratam sobre o sétimo ano, ou ano sabático, que assim como o sábado, foi destinado para o bem do homem e da criação. A terra ficaria em repouso no sétimo ano, e o que crescia por si só, era reservado aos pobres. Isso os lembrava que Deus, o verdadeiro dono, tinha confiado a eles a terra.

As três festas religiosas de Israel estavam ligadas ao ciclo agrícola da nação, fontes que mantinham vivo o povo de Israel. A Festa dos Pães Ázimos, em abril ou maio, em comemoração da colheita da cevada cedo. Sete semanas mais tarde veio a Festa das Semanas, comemora a colheita de outras culturas de cereais como o trigo. Finalmente, a Festa dos Tabernáculos celebrava a colheita final e final da época agrícola no outono (setembro).

Que as nossas meditações sobre a Palavra de Deus produzam o efeitode prostrarmos as nossas almas em adoração perante Aquele cujos caminhos edificam seu povoadquirido à custa do sangue de SeuFilho.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 22

Publicado em: 05/09/2012

   

Na primeira parte deste capítulo a descrição de leis e normas da época e suas consequências, diferentes das de hoje, mostrando-nos que com a evolução dos tempos e dos costumes as leis mudam e que nós devemos mudar também, tendo sempre em vista os princípios e valores que aprendemos com a Palavra de Deus.

Na segunda parte (coleção de leis apodíticas), são leis perpétuas, que devem nortear sempre as relações do homem com o homem e do homem com Deus. Em primeiro lugar: Amar a Deus sobre todas as coisas, adorarás ao Senhor teu Deus e só a Ele servirás. Em seguida, com referencia ao estrangeiro, aos órfãos e as viúvas, podemos e devemos lembrar do livro do Deuteronômio, capítulo 14, versículo 29 que diz: Porás a parte o dízimo, para que o levita que não tem como tu, partilha, nem herança, o órfão, a viúva e o estrangeiro que estiverem em tua cidade,  para que também eles possam comer à saciedade e que assim o Senhor teu Deus te abençoe em todas as obras de tuas mãos. 

Amar a Deus em espírito e verdade, amar a Deus nos irmãos, nisto consiste toda a lei e os profetas.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 21

Publicado em: 04/09/2012

  

A lei moral ou os princípios eternos do que é certo ou errado.

Em Israel o trabalho escravo existia por causa de dívidas e pobreza. A lei procurava amenizar a situação abrindo oportunidades para que o escravo se tornasse livre e provasse a sua inocência. Ela tentava impedir o patrão de abusos e da exploração extrema.

Numa sociedade sem estrutura para conter a criminalidade, a lei era bastante dura, e a pena de morte aplicada aos casos mais graves. Para os ferimentos não mortais eram exigidos uma indenização durante o período de inatividade, e a pena era proporcional ao dano causado. Essa lei era chamada de Lei do Talião, ela visava evitar vinganças exageradas. 

O boi que puxava o arado agilizava bastante o trabalho na lavoura. A posse ou não de bois estabelecia as diferenças econômicas e sociais, e os danos causados a este animal ou causados por ele eram previstos nas leis da época devido a sua importância social. 

Estas leis parecem estranhas aos nossos ouvidos. Nós não vivemos em uma época plenamente agrícola e rude. A lei de Deus não instituiu estas coisas, os julgamentos de Israel protegiam o fraco e na medida em que a lei de Deus ganhava mais influencia, os costumes ofensivos eram banidos daquela sociedade.

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 20

Publicado em: 03/09/2012

 

O Capítulo 20 do livro do Êxodo traz o envio de Deus dos 10 mandamentos a Moisés no Monte Sinai.

Moises conduziu o povo que havia sido escravizado no Egito, atravessou o Mar Vermelho, e dirigiu-se ao Monte Horeb, na península do Sinai. Ali, ao receber os 10 mandamentos, Moises estabelece um Pacto entre o Senhor e o povo de Israel.

Os Dez mandamentos ou Decálogo é o conjunto de leis ou palavras que resumem toda a orientação dada por Deus ao povo de Israel, no que diz respeito à Aliança. 

Ainda hoje os 10 mandamentos são a síntese da Lei de Deus, toda a nossa fé se baseia nas suas palavras. A igreja exige que seus fieis cumpram estas regras. Jesus disse que para entrar na vida eterna é necessário cumprir os 10 mandamentos.

Cumprir os 10 mandamentos é provar o amor que temos por Deus, é viver livre do pecado e ter a garantia da vida eterna. 

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 19

Publicado em: 02/09/2012

 

Este precioso capítulo de Êxodo nos traz a aliança feita entre Deus e Moises - povo.

Os israelitas peregrinaram por alguns meses, passando algumas necessidades e chegaram ao seu grande objetivo, a aliança com Javé sobre o monte. Moises é o mediador dessa aliança, onde Deus desce e Moises sobe.

Assim também em nossa vida, Deus se rebaixa por amor, para estar próximo de nós.Da nossa parte devemos fazer a ascese, que significa subir.

Muitos de nós não encontramos com Deus diariamente, pois ficamos na planície da nossa vida, na planície dos problemas, na planície do relógio e o que nos falta é fazermos essa subida ao monte do Senhor. O que significa subir o monte do Senhor? Significa tirarmos um tempinho diário para estar com Ele: “Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê o escondido, recompensar-te-á”. (Mateus 6, 6)

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:


Leitura do dia:
Êxodo, Capítulo 18

Publicado em: 01/09/2012

 

Quão bondoso é Deus e quão ilimitada é a sua paciência com este povo que facilmente se esquece das graças recebidas e novamente reclama, exige...

Moisés foi o escolhido por Deus para levar o seu povo à terra prometida e faz isso não por mérito próprio, mas com a orientação do próprio Deus que está com ele em todos os momentos. Moisés vivia próximo de Deus, era um amigo de Deus.

Neste capítulo do livro do Êxodo vemos o encontro de Moisés com o seu sogro Jetro. Jetro era sacerdote de Madiã e ficou sabendo de tudo o que Deus havia feito a Moisés e a Israel seu povo. Alegrou-se pela bondade de Deus com Israel livrando-o da mão dos egípcios. Ele exclama: “Agora sei que Iahweh é maior que todos os deuses...” (vers 11)

Moisés tinha começado a liderar os israelitas em seu Êxodo, e foi Jetro que o encorajou a nomear outras pessoas para compartilhar o fardo do ministério para a nação de Israel permitindo que outros o ajudassem no julgamento de questões menores que vinham a ele.

Podemos ver neste contexto que no serviço de Deus não podemos nos tornar “únicos”, a delegação de tarefas e o envolvimento com pessoas escolhidas para nos ajudar na missão é primordial para que saibamos viver em comunidade, partilhando nossos dons de serviço.

Coloquemo-nos a serviço com o que temos e somos, todos são chamados a partilhar seu dons e carismas a serviço da Igreja que se torna assim uma comunidade orante e praticante, que o Espírito Santo nos oriente em nossa missão!

Partilhe conosco sua experiência com a leitura deste capítulo escrevendo um comentário logo abaixo.

Fonte: Comissão do BíbliaDiária.com.br


Texto bíblico:
Texto Bíblico Áudio do Texto Bíblico
Comentários:

Antes de conferir a reflexão, faça a leitura do texto bíblico 

Área pessoal




Esqueceu sua senha? Recupere aqui.
Ainda não tem Cadastro? Cadastre-se aqui.





Leituras

Livro - A Bíblia no meu dia-a-dia

Cronograma

Cronogramas


Escolha um livro




Arquivo

 

Total de visualizações de página:

6.059.005


Desenvolvido e Hospedado por Cedilha Comunicação Digital Realização Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Paróquia Sant'Ana